Não é segredo nenhum que a nossa relação com o planeta está bastante tremida. Chegámos a um impasse em que ou mudamos o nosso estilo de vida, ou infelizmente – se já não é tarde – não há volta a dar. Falta conexão, falta amor pela nossa mãe Terra e não a estamos a tratar como se fosse a nossa casa, o nosso lar.

Estamos a esgotar os recursos, a poluir o ar, e mais do que nunca, a redução e a reciclagem são cruciais!

É engraçado, ironicamente, mas quando falo de pequenas mudanças, ou sobre a importância de reduzirmos os plásticos, o desperdício e fazermos a reciclagem, recebo muitas vezes respostas do género: “Mas eu sou só um/uma, que efeito é que isso faz? As empresas é que têm de mudar “; Errado… as empresas não mudam, porque as pessoas consomem.

Se todos fizermos pequenas mudanças, mudanças maiores se avizinham, e disto podem ter a certeza. De qualquer forma, à força, ou não, a sociedade está mais sensibilizada. Principalmente a nossa geração já tem alguns cuidados e a reciclagem já faz parte de muitas casas privadas – nas empresas ainda não. Claro que não se fala de reciclagem sem se falar da Sociedade Ponto Verde e desde já os meus parabéns por todo o trabalho que têm desenvolvido quer na sensibilização individual como nas empresas. (Partilho vídeo de sensibilização que está muito bom).

Na semana passada estive num evento muito giro, onde participei num workshop brutal e conheci as novidades da Sociedade Ponto Verde que acho que vão adorar.

No verão partilhei os meus sacos de reciclagem, que estão religiosamente na minha cozinha, o que gerou muita curiosidade. A boa notícia é que os sacos para reciclagem da Sociedade Ponto Verde estão de volta, mas agora aliados a um novo design da autoria da artista Margarida Girão, – conhecida pelos seus trabalhos em colagem -, que os torna uma peça de decoração e artística, aliada à sustentabilidade. O objectivo é promover a reciclagem e torná-la mais apelativa em todos os lares, escritórios ou estabelecimentos.

Mas, se pensas que isto da colagem é fácil estás enganada/o, aliás, desde já manifesto a minha admiração pelo trabalho da Margarida que é sem dúvida espectacular. Neste evento, tive a oportunidade de ter um workshop de colagem que foi muito divertido e bastante zen confesso… ajudou-me a aliviar o stress do dia é acho que vou adoptar esta técnica mais vezes (vê as fotos no final do artigo).

Como podes obter os Ecobags?

Estes Ecobags estarão disponíveis em ações da Sociedade Ponto Verde, basta ficar  atento às suas redes sociais e ativações! Spoiler alert… fiquem também atentos ao meu Instagram brevemente.

Fica com algumas fotografias do evento e com este vídeo (que achei  muito bom) sobre os Ecobags e o processo criativo da Margarida.

Boa reciclagem, juntos por um mundo melhor!

Filipa