Hoje vamos falar de um tema que me têm pedido muito. Para quem me segue diariamente, não é novidade que uso o copo menstrual já há algum tempo. Inclusivamente, já converti as minhas melhores amigas a essa opção. Porquê? Porque é mais saudável, não tem químicos, é prático e muito importante, protege o ambiente.
Porém, este é um assunto que gera sempre algum receio e eu lembro-me bem do dia em que decidi experimentar esta opção. Lembro-me que pesquisei bastante pelo assunto e que a informação que encontrei era bastante cientifica, algo que não me interessava muito porque os benefícios são inegáveis. Mas e na prática? Como é que aquele objecto «cabe»? Julgo que esta é uma pergunta que paira na cabeça de muitas mulheres e hoje, venho falar dos prós e contras ao copo menstrual e porque é que hoje em dia, é a minha primeira opção.

O que é o Copo Menstrual?

Antes de mais, o copo menstrual  é  um recipiente que serve para recolher o fluxo menstrual. É feito de um material antialérgico sem desodorizantes nem químicos. Este, ao contrário do tampão e penso higiénico, não absorve o fluxo mas sim, recolhe, sendo lavável e utilizando durante vários anos.

Respondendo às perguntas que coloquei inicialmente, apesar de no inicio ficarmos bastante confusas, o copo menstrual é mais fácil de colocar do que parece. Apenas é necessário experimentarmos e entendermos qual a melhor forma de o colocar para nós. Existem várias formas de colocar o copo, que devemos experimentar, para percebermos qual é que funciona melhor connosco. Cada corpo é um corpo.

 

Posso dizer que no inicio, tanto eu como as minhas amigas estávamos bastante reticentes e hoje em dia, assumimos que foi das melhores decisões que tomámos.  Este pode ser encontrado nas farmácias e já em alguns supermercados.

Desvantagens

Eu sei que normalmente se começa por falar das vantagens, mas quando falo de algo, gosto sempre do «efeito  sanduíche», falo de algo bom, completo com um aspecto menos bom e termino com algo maravilhoso. Não há dúvida que o copo menstrual, em comparação com outras opções idênticas, é mais saudável. Contudo, claro que existem algumas desvantagens, apesar de a meu ver, serem facilmente ultrapassáveis.

1-Não é fácil de colocar e retirar logo à primeira

É verdade, a primeira vez nem sempre corre bem. Primeiro, o formato do copo não é muito simpático para quem o vê pela primeira vez e vejamos, sejamos sinceras, que nunca se questionou sobre «como é que é possível colocar o copo», que atire a primeira pedra. A boa noticia é que sim, é possível, com a prática torna-se bastante fácil e depois quase instintivo.

Eu aconselho a colocarem durante as primeiras vezes, um cordão de tampões que tenham por casa, presos na saliência do copo, para se sentirem mais seguras. Confiem que existe uma posição especifica para colocar o copo -que resulta, por mais que vos pareça que não- e podem sempre pedir para vos ensinarem nas farmácias, como também, podem ver as imagens que vêm com a embalagem. Uma posição confortável e muita calma também é necessário.

2- Tem de ser lavado entre utilizações

Este aspecto pode ser algo incómodo se o tivermos de mudar numa casa de banho pública por exemplo. A minha sugestão, é que levem a vossa garrafa de água e que mesmo dentro da casa de banho individual o limpem. Antes da primeira utilização e depois da última devem esterilizar o copo.

Vantagens

1-Não liberta químicos para o teu organismo

Já existem muitos estudos que mostram que o material constituinte dos pensos e tampões, libertam alguns químicos bastante prejudiciais à nossa saúde, inclusivamente, alguns deles são classificados como “provável cancerígeno”. Também não causa alergias nem irritações.

Podem ver uma análise feita pela revista francesa de direitos dos consumidores, 60 Millions de Consommateurs, sobre a composição de tampões e pensos higiénicos.

2-Protege o meio ambiente

Todas nós sabemos a quantidade de tampões ou pensos higiénicos que utilizamos todos os meses, inclusivamente, estima-se que  durante a nossa vida fértil, utilizamos entre 10 a 15 mil absorventes. Se multiplicarmos pelo número de mulheres, imaginem… A boa noticia é que todo este lixo pode ser evitado. Inclusivamente, estima-se que o copo menstrual possa durar mais de 5 anos o que faz toda a diferença!

3- É bom para a nossa carteira

É verdade que quando vemos o preço de um copo menstrual pensamos que uma caixa de tampões ou de pensos higiénicos é bem mais em conta. O que não pensamos é que por 20 euros (se for esse o preço certo, depende da marca), estamos a adquirir algo que não vai durar uma utilização mas sim, durante anos. Se fizemos as contas,  durante um ano, gastamos mais de 50 euros só em produtos do género.

4- É muito cómodo

Quando aprendemos a colocar bem o copo menstrual, a verdade é que este é bastante cómodo e nem o sentimos. Dependendo de cada mulher, pode ser retirado uma a três vezes por dia podendo permanecer por 12horas sem complicações.  Ao contrário dos tampões e dos pensos higiénicos, existe uma libertação menor, ou praticamente inexistente de odores desagradáveis, como também, não absorve a lubrificação natural vaginal.

Também é super confortável durante a prática de exercício físico. Já o utilizei no ginásio, Ioga e electroestimulação, sem qualquer problema.

5-Adapta-se a qualquer mulher

Todas somos diferentes e por isso, existem copos com diferentes tamanhos pegas e flexibilidade do material. Quando o escolhemos, devemos ter em consideração a altura do colo do útero, a intensidade do fluxo menstrual, se já fomos mães como também, o quão fortificados estão os nossos músculos. O que posso adiantar, é que existe um copo menstrual ideal para cada mulher e posso dizer que, o copo se adapta perfeitamente ao nosso corpo, de tal forma, que nos esquecemos que está lá.

Aconselho vivamente!

Filipa