Antes de mais, tenho recebido algumas perguntas sobre o que estudo e porque é que já não sou actriz. Nunca tinha falado disso e aproveito para esclarecer alguns pontos.

Efectivamente, quando era mais nova, fiz alguns trabalhos como actriz e a famosa série: Super Pai, que foi um grande “boom” na altura e que me deixou grandes amizades e bons momentos. Contudo, a verdade é que -apesar de gostar de representar – ser actriz nunca esteve nos meus planos futuros. Quando tive de escolher entre uma escolaridade normal – sem faltas – e a televisão, optei pela escolaridade, com o objectivo de seguir medicina dentária (achava eu).

O bichinho pela Psicologia começou logo a partir do 12 ano mas sempre achei que iria ser um hobbie na minha vida (lia muitos livros na altura sobre o tema).

Fui para a faculdade, licenciei-me em Ciências da Saúde – que me dava equivalência  para o pré-clínico em medicina dentária – e percebi que a minha paixão, era sem dúvida, a psicologia. Adorava ler sobre o tema, estar com as pessoas, ajudar e dar formação e o voluntariado teve o seu peso nesta decisão.

Como tal, tive de tomar uma das decisões mais difíceis até agora, até porque, só me faltava o mestrado para concluir medicina dentária. A minha intuição falou mais alto e tomei esta decisão “com o coração”: larguei tudo e fui estudar aquilo que me preenchia.

Posso dizer que todos os dias penso que tomei a decisão certa e o meu amor pela psicologia tem crescido desde então. Neste momento, não me vejo a fazer outra coisa e estudar, acaba por ser estimulante para mim, porque adoro o que estou a fazer. Já estou licenciada em psicologia e neste momento encontro-me no mestrado em Psicologia Clínica.

Inclusivamente, este blog, foi criado para abordar alguns temas como «mindfulness», «autoestima», «bem-estar», muito associados à vertente profissional que pretendo seguir.

Para quem me acompanha na rede social – Instagram- tenho andado em época de exames, e por vezes, partilho alguns rituais, que me ajudam a acalmar em fases mais stressantes. São muito simples e principalmente, não ocupam muito tempo – que é coisa que não há em época de exames- e toda a gente pode fazer.

De notar que falo de exames – porque é a minha situação actual- mas o mesmo se aplica antes de qualquer dia/evento importante.

1- Tomar um banho relaxante:

Partilhei aqui uma marca que gosto muito – Cowshed- que tem uma linha para um mood relaxante que é a que costumo usar.

Contudo, produtos com óleo essencial de lavanda são óptimos para este efeito, porque a lavanda ajuda a acalmar o sistema nervoso.

Independentemente dos produtos que utilizo, o importante é relaxar e estar presente, sem pensar em nada enquanto estamos a tomar banho. Ver o banho como uma forma de praticarmos o Mindfulness- «estar presente no aqui e no agora».

2- Meditar

Meditar é essencial para mim, principalmente nesta altura. Quando consigo, pratico Yoga, quando tenho menos tempo, medito.

Mentalmente a meditação ajuda-nos e sermos mais positivos, mais criativos, aumenta os níveis de felicidade, auto confiança e afectividade, melhorando a satisfação connosco e com os outros. Fisicamente, a meditação acalma o sistema nervoso, tendo o impacto no stress e ansiedade. Também diminui a pressão sanguínea e melhora o nosso sono.

*Gosto de utilizar a aplicação Insight timer

3- Exercício físico

Existem inúmeros benefícios associados ao exercício físico, sejam físicos ou psicológicos. Falando sobre os benefícios físicos, é de destacar a promoção da longevidade e a redução de doenças crónicas, cancro, obesidade e enfartes. Em relação aos benefícios psicológicos, alguns estudos indicam que o exercício promove o bem-estar, tendo um impacto positivo na depressão, no mau humor, na redução do stress, na imagem corporal e na autoestima.

Apesar de o tempo ser pouco nesta fase, praticar exercicio fisico -seja o que for- é muito importante para libertarmos o nosso stress como também, porque passamos muito tempo sentadas/os

4-Não fazer directas

No meu primeiro curso, fazia várias directas. Achava eu que estava a fazer o melhor. A verdade é que o sono é muito importante, principalmente quando precisamos da nossa memória no seu melhor.

Para além da sonolência, a falta de sono influencia negativamente a concentração, a performance, a capacidade intelectual e a capacidade de lidar com o stress.

Como tal, principalmente antes do exame/dia importante, uma boa noite de sono, dentro do possível, é essencial.

5-Tomar um  pequeno-almoço nutritivo.

Digo sempre volto a dizer. A primeira refeição do dia é essencial e nestes dias, gosto de tomar um pequeno almoço cheio de vitaminas para ter energia durante o dia!

Espero que gostes,

Filipa