Já todos ouvimos dizer, ou  já dissemos a famosa frase “Ano Novo, Vida Nova”. Aqui entre nós que ninguém nos ouve, apesar da ideia de um novo ano ser bastante motivadora para alterar certos aspectos da nossa vida, sem esforço e compromisso a vida não se altera sozinha.

Confesso que o ano de 2017 foi muito intenso e gratificante para mim. Finalizei a minha licenciatura, iniciei o mestrado em Psicologia Clínica, investi na minha espiritualidade e conexão entre corpo-mente-espírito, vivi mais um ano GASTagus, uma associação de voluntariado muito presente na minha vida. Continuei rodeada de pessoas incríveis, que me inspiram diariamente  e, claro, não por esta ordem cronológica,  finalmente criei o Terra Maya e tudo o que este projecto neste momento engloba.

Devo partilhar que o Terra Maya tem sido uma experiência incrível, não só por todas as aprendizagens  e oportunidades novas, por ser um trabalho que adoro, mas por todo o carinho que recebo desse lado. Já o disse, mas volto a dizer. Para mim, este blog é um projecto que não é apenas meu, mas sim de todos aqueles que gostam de o ler e que de certa forma me inspiram a ser cada vez melhor. Muito obrigada, mesmo, pela energia positiva que me transmitem diariamente.

Depois de um ano como este, pretendo que 2018 seja ainda melhor, com muitas ideias e projectos novos, que estou ansiosa para partilhar convosco.

Apesar de acreditar, claro, que a vida não se altera sozinha, tenho alguns rituais/objectivos que tento implementar no inicio de cada ano e que me ajudam a começar com o “pé direito” e cheia de motivação!

 

1- LISTAS

Pensar no ano que passou e no ano seguinte é quase automático, principalmente nesta altura do ano. Considero que reflectirmos sobre a nossa vida é muito benéfico para nós, para termos consciência daquilo que resultou, ou não, do rumo que queremos dar à nossa vida, criarmos objectivos futuros e percebermos se estamos no caminho certo. Noto também que no meu caso, que ando sempre com a cabeça a 1000, perco muito tempo a pensar e acabo por não conseguir organizar os meus pensamentos. Como tal, e apesar deste tópico parecer um grande cliché, funciona muito bem comigo: LISTAS!

Quando falo em listas não me refiro apenas aos tópicos normais, cada um é livre de inventar a sua maneira de escrever em papel o que se passa na sua mente. No meu caso, normalmente tenho um caderno de objectivos e planos para cada ano e costumo fazer listas daquilo que resultou e não resultou  no último ano, desejos para o próximo e aspectos a implementar/alterar. Para mim este método funciona bem porque me ajuda a organizar a mente, a ter uma perspectiva mais global e sucinta do ano que passou, dos meus objectivos para o próximo, a ser mais realista, a ficar mais motivada, como também, a relativizar as coisas que por vezes nos podem parecer muito complicadas em primeira análise.

Considero que termos consciência de nós e da nossa vida actual, é o primeiro passo para a mudança e crescimento!

2-DETOX

O famoso detox de inicio do ano, não é surpresa para ninguém e quando falo de detox, não estou a referir-me apenas à nossa alimentação.  Um detox é uma desintoxicação, quando eliminamos tudo o que é tóxico, quer seja toxinas no nosso corpo, a “tralha” que temos em casa que não precisamos,  as nossas escolhas, pessoas que não nos querem bem, etc.

No meu caso, depois de uma época em que como alimentos que não estou acostumada, sinto que preciso de ajudar o meu corpo a eliminar todas as toxinas que acumulou. Gosto de beber muita água, comer legumes e fruta, evitando todos os alimentos inflamatórios. Também procuro continuar o meu percurso mais consciente e sustentável, alterando progressivamente utensílios que tenho em casa, produtos de limpeza e cosmética livres de químicos e plástico, evitando lixo desnecessário. Rodear-me de pessoas que me fazem bem, exercitar  o meu corpo e dormir bem, também é essencial para mim.

Fazer uma desintoxicação do nosso estilo de vida é essencial para uma base sólida e aberta a novas oportunidades e mudanças.

3-DESAFIA-TE

Desafia-te, implementa novos objectivos, experimenta actividades novas, altera a tua rotina e encontra o que realmente te faz feliz, por tentativa e erro. Por vezes é muito difícil arriscarmos, até porque o medo é algo que nos impede de evoluir. Temos medo do fracasso, temos medo de não corresponder às expectativas, nossas e dos outros, mas a verdade é que só quando saímos da nossa zona de conforto, é que conseguimos crescer verdadeiramente. Não é por acaso que dizem que é aqui que a verdadeira magia tem lugar.

Por aqui já só nos vemos em 2018 e para este novo ano, desejo-te o melhor e que consigas atingir todos os teus objectivos!

Bom ano*

Filipa

 

You must be the change you wish to see in the world.

Mahatma Gandhi